24 agosto 2005

«Dicionário de Soundbytes», por Groucho

Evangelhos: 1. Além dos bíblicos, há o de Jesus Cristo, segundo Saramago, e o do Chão da Lagoa, segundo João Jardim. 2. Há também o de Saramago, segundo Saramago (cf. os diários, intervenções públicas, etc.). 3. Há os canónicos, como o OGE (com ou sem aditamentos), a Constituição Europeia ou a coluna de análise política de José António Saraiva. 4. Há ainda os apócrifos, da autoria de candidatos a primeiro-ministro, cujo texto sofre revisão doutrinária imediata nos casos em que o candidato passa a ser de facto primeiro-ministro.

Evolucionismo: 1. Hipótese especulativa, sem apoio científico convincente, produzida por Darwin, segundo a qual as espécies evoluem muito lentamente, de acordo com os princípios da adaptação ao meio e da sobrevivência do mais apto. De acordo com tal hipótese, o homem teria evoluído a partir do chimpanzé. 2. Opõe-se ao criacionismo, patente no Livro do Génesis, segundo o qual todos os seres vivos foram criados por Deus, em meia dúzia de dias, na sua forma actual, Alberto João Jardim incluído. 3. Nos EUA, pátria da democracia e da livre expressão, as duas teorias são ensinadas equitativamente nas escolas, sobretudo naqueles Estados em que a moléstia moderna do secularismo (v.) não pôs ainda em causa as verdades reveladas no Livro. 4. George W. Bush é totalmente a favor da liberdade de ensinar a versão criacionista, pese embora a força dos dogmas pseudo-científicos de ateus como Darwin ou Galopim de Carvalho. 5. Bento XVI, o padre João Seabra e João César das Neves não podiam concordar mais. 6. «Basta ir a um Zoo para perceber que o macaco não é o nosso parente mais próximo…»

Exames: «Enquanto não houver exames desde o 1º ano do 1º ciclo do básico, não vamos lá!»