04 julho 2005

Despertar azougado*

— Bom-dia, Groucho. Isto está paradito, hein?
— Paradito, o caraças! Quer vir experimentar procurar gravuras para esta cambada?
— Boa, agora agrava a insolência com o termo chulo. Isto está bonito…
— Albarda-se o burro à vontade do dono.
— Olhe que burro velho não toma andadura, e se a toma pouco lhe dura.
— E senhor nunca ouviu dizer que criado que faz o seu dever, orelhas de burro deve ter? Além de que amo impertinente faz criado desobediente.
— Que diabo! estamos mais Sancho que Groucho. Andou a ler o Quixote? Já agora lembre-se de que atrás de mim virá quem de mim bom fará.
— Seguramente! Todo o Abel tem seu Caim.

*Aka Early fucking blogs